Por causa da maneira de beber de alguém…

  • Eu tenho medo?
  • Fico preocupado(a) ou perco o sono?
  • Sinto-me inadequado(a), culpado(a) ou com pena de mim mesmo?
  • Tenho vergonha da minha situação?
  • Alguma vez fico embaraçado(a) pelo comportamento do alcoólico?
  • Peço desculpas pelo alcoólico ou assumo as suas responsabilidades?
  • Estou cansado(a), nervoso(a) ou deprimido(a)?
  • Às vezes fico com raiva ou frustrado(a)?
  • Muitas vezes sinto-me desesperado(a) e sozinho(a)?

Pergunte a si mesmo. Se a resposta a qualquer destas perguntas for “SIM“, o Al-Anon pode ajudá-lo(a). Aprenda mais participando de uma reunião confidencial na sua comunidade.

Como o alcoólico está doente, ele magoa a si mesmo e aos outros.  Devido ao nosso relacionamento direto com ele, nós também  desenvolvemos problemas. A melhor maneira de ajudar o bebedor  compulsivo e a nós mesmos é desenvolver a nossa própria força,  corrigir nossas próprias atitudes, ser amáveis e aprender como nos  desligar emocionalmente do problema. O Alateen pode nos mostrar o caminho.

Alateen – Esperança para filhos de alcoólicos.

 


Clique aqui para saber qual é o grupo mais próximo de si